Dica da revista: para emagrecer

  • Um resumo para qualquer mulher ou homem que queira emagrecer pode ser feito da seguinte forma: comer menos calorias que as consumidas ao longo do dia.

Esta é a formula que nenhum nutricionista ou nutrólogo pode negar, isto é, se você comer menos do que esta gastando seu corpo vai precisar pegar a energia necessária das suas reservas que no caso são gorduras armazenadas.

Então continue acompanhando o raciocínio: não existe mistério e não podemos fazer nada de mágico que possa transformar seu corpo naquele tão sonhado corpo de cinema estilo dos atores ou atrizes de hollywood. A intenção aqui das revistas é desmitificar um pouco aquilo que vem sendo divulgado nas revistas tradicionais que fazem você pensar que o milagre vem de dicas escondidas e seria como se alguém estivesse escondendo de você a verdade secreta de como seu corpo pode ser tornar escultural em apenas uma semana.

Dietas para emagrecer

dieta-dunkan1O que estou cansado de ler nas revistas comuns de jornaleiros são dietas milagrosas que prometem você perder peso sempre em 7 dias. Parece até um numero cabalístico esse de 7 dias e que se passar disso e você não emagreceu é porque algo de errado fez. Consultando especialistas como o personal trainer Vinicius Possebon, que possui um programa completo de emagrecimento chamado queima de 48 horas. Ele afirma que mesmo o seu treino se chamando 48 horas, não existe emagrecimento milagroso e seu treino não promete secar a barriga ou perder peso em apenas 2 dias. O seu treino consistem em disciplina e eficiência que a médio prazo já mostram resultados incríveis e que a gordura começa a ser queimada no corpo em apenas 48 horas com exercícios curtos, porem extremamente intensos de poucos minutos.

Conheço algumas pessoas que seguiram o programa queima de 48 horas e a grande maioria delas apresentou grande resultados daqueles que podemos realmente usar como antes e depois e por isso vou incluir alguma foto aqui para que você possa ver como funcionou com essas pessoas. Tenho certeza que vai funcionar para você tambem se o treinamento for seguido junto as dicas de dietas e fazer com que a formula magica funciona que é a de comer menos do que esta gastanto.

Alguns especialistas até lembram que é possível sim comer algumas besteiras e que se você estiver disposto a fazer muitos exercícios e chegar a correr uma maratona (estando devidamente preparado para faze-la) você pode se dar ao luxo de comer algo como um brigadeiro ou até algo com calorias similares. Alguns atletas profissionais como o Usaim Bolt utilizam de alimentação farta e chegam até a comer 5 combinados do Mc Donalds de uma única vez para se alimentar.

Por fim, muito cuidado! Nossa mente é a maior inimiga de tudo que queremos fazer e provavelmente grande parte das pessoas lendo que um atleta pode comer mc donalds, assim que fazer um exercício qualquer vai acabar fazendo o errado e acreditar que é um atleta e por isso pode exagerar na comida. Por isso, acredito que se você fizer a dieta do Bolt sem conseguir bater um recorde mundial, pode apostar que esta comendo mais do que esta gastando e por isso vai acabar engordando.


read more

Como Escolher um Bom Curso de Inglês?

Com a comunicação via internet encurtando cada vez mais as distâncias, a necessidade de se dominar um idioma estrangeiro vem crescendo, e com isso a oferta de cursos de inglês aumenta também.

Mas muitos dos cursos são preparados por professores sem habilidades pedagógicas, ou as vezes até mal intencionadas. Para não ser persuadido a se matricular em um curso ruim, escrevi esse texto destacando as características de um bom curso de inglês.

1º – Verifique a Certificação do Professor

crop_20151020080744mimzuoclkvMuitos cursos vendem a idéia de que professores fluentes em inglês, ou até estrangeiros, são a melhor forma de aprender.

Porém, muitos desses ditos professores não sabem falar português, o que dificulta na hora do aprendizado, já que ele não vai conseguir te explicar conceitos da língua inglesa sem traçar um paralelo com um que você já conhece.

Outro problema desses casos é que não basta saber a língua para poder ensiná-la, também é preciso ter uma boa didática e falantes fluentes, mas sem formação adequada, não possuem essa habilidade.

2º – Aulas de Conversação

Qualquer curso, seja de línguas ou outra habilidade, deve te dar a chance de treinar o que aprendeu como modo de fixação.

Cursos de inglês que prometem ensinar apenas através de lições e exercícios são pura falcatrua. Se duvida, pergunte para qualquer professor de idiomas se é possível aprender uma língua, ou qualquer atividade, sem praticar.

3º – Material Cotidiano

Cursos de inglês que ensinam a falar um a língua de um modo regrado e engessado formam pessoas que conseguem repetir termos e frases, não falantes fluentes.

Compare com o seu cotidiano, sua fala é cheia de coloquialismo e regionalismo, no dia-a-dia muitas pessoas usam gírias e expressões para se expressar.

Com o inglês não deve ser diferente, o material deve ensinar você a falar e compreender o idioma como se fosse um nativo e em qualquer ocasião, seja um entrevista formal ou uma conversa cotidiana.

Para saber tudo sobre cursos de ingles online e outros, visite o website.


read more